lascamento de bordo incisal em restaurações anteriores

Como conduzir problemas de lascamento de bordo incisal em restaurações anteriores?

Casos de lascamento de bordo ou ângulo incisal em restaurações de dentes anteriores.

O tema que iremos abordar hoje no blog da PHS do Brasil foi escolhido através de uma enquete do Instagram e ocorre com frequência na prática clínica do consultório: casos de lascamento de bordo ou ângulo incisal em restaurações de dentes anteriores. Você já passou por essa situação? Dois tópicos são de extrema importância ao pensar em restaurar dentes anteriores: oclusão e escolha do sistema restaurador. Esses são pontos essenciais e devem ser seguidos para alcançar sucesso no tratamento.

Quais materiais usar no procedimento?

As resinas compostas diretas fazem parte de um leque de opções para restaurações dos elementos dentários. São amplamente utilizadas na área e passaram por uma série de aprimoramentos técnicos em sua composição, nas propriedades adesivas, físicas e mecânicas. 

Hoje esses materiais também são utilizados em contornos cosméticos e reabilitações extensas, como em desgastes generalizados de estrutura dental e aumento da DVO (dimensão vertical de oclusão). 

Para qualquer tipo de procedimento restaurador deve-se seguir e respeitar os princípios da oclusão. Em dentes anteriores, é necessário restabelecer a protrusão em incisivos centrais e a lateralidade na guia canina.

A escolha de um sistema de resina composta dependerá de sua composição e poderá influenciar nos seguintes fatores:

  • Características óticas e mecânicas;
  • Estabilidade de cor;
  • Polimento;
  • Lisura superficial;
  • Manutenção da integridade da restauração;
  • Solubilidade;
  • Sorção por água;
  • Manchamento;
  • Módulo de elasticidade;
  • Entre outros. 

Além da composição, é importante utilizar de uma técnica restauradora adequada, protocolo adesivo, fotoativação e princípios oclusais são a chave para obter um resultado restaurador duradouro. 

Geralmente, os problemas de fratura ou lascamento de bordo incisal em restaurações anteriores ocorrem por uso de sistemas de resina que não possuem boas características mecânicas e resistência ao desgaste, contatos prematuros ou falta de ajuste dos contatos oclusais. 

Para amenizar e controlar esses problemas, resinas de partículas micro-híbridas, nano-híbridas e nano-particuladas são indicadas para áreas de desoclusão.

A solução ideal: Resinas Palfique LX5 e Estelite Omega

Caso clínico realizado pelo Dr. Tiago Veras Fernandes

As resinas compostas Palfique LX5 e Estelite Omega, da Tokuyama, foram desenvolvidas para levar a máxima estética a casos em que ocorrem intensa ação mecânica sobre a estrutura dentária. Suas partículas supra-nanométricas esféricas e monodispersas garantem mais brilho, rápida fotopolimerização e perfeita adaptabilidade à cavidade dentinária. 

Os produtos contém 82% em peso (71% em volume) de material de enchimento sílica-zircônio (tamanho médio das partículas: 0,2 μm). 

Também está presente na resina a tecnologia de iniciador de fotopolimerização amplificada por radical (tecnologia RAP©), que reduz o tempo de polimerização em comparação com as resinas compostas tradicionais se o comprimento de onda durante a fotopolimerização for entre os 400 e 500 nm (valor de pico: 470 nm).

Então, para regiões que envolvem intensa ação mecânica como bordo incisal de anteriores e correm o risco de lascamento da restauração, indica-se resinas compostas, como Palfique LX5 e Estelite Omega. 

A dica para uso é realizar a concha palatina e bordo incisal e depois aplicar as resinas de dentina, resinas de efeitos ou corantes e resinas de esmalte, seguido pelos ajustes oclusais.

Gostou de conhecer as vantagens do uso das resinas Tokuyama em problemas de lascamento? Não deixe de entrar em contato com nossos especialistas para entender mais sobre como as resinas da Tokuyama podem ajudar o dia a dia no consultório!

REFERÊNCIA BIBLIOGRAFICA

Mesko ME, Cenci MS, Loomans B, Opdam N, Pereira-Cenci T. Reabilitação oral do desgaste dentário severo com resina composta. RFO UPF 2016; 21(1):121-129.

Quagliatto OS, Soares PV, Calixto LR. Restaurações estéticas diretas em dentes anteriores [acesso em 19 maio 2021]. Disponível em: https://www.apcdrp.com.br/arquivos/uploads/files/CAPITULO%20RESINAS%20ANTERIORES%20LIVRO%20COPEO.pdf

Estelite Omega. [Bula]. Taitou-ku, Tokyo, Japan: Tokuyama Dental Corporation. Disponível em: https://www.tokuyama-us.com/wp-content/uploads/resources/estelite-omega-ifu.pdf

Palfique LX5. [Bula]. Taitou-ku, Tokyo, Japan: Tokuyama Dental Corporation. Disponível em: http://www.tokuyama-dental.com/tdc/pdf/instructionmanual/PALFIQUE_LX5_IFU.pdf

Dra. Caroline Provesi

Dra. Caroline Provesi

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Envie-nos sua sugestão



Quer sugerir um conteúdo?

Sugira um conteúdo que seja de seu interesse para que possamos postar no blog.